4.jpg

Nossa História

A Associação Beneficente Guainumbi surgiu em 2001 sobre a iniciativa da assistente social e pedagoga curativa, Aureliane Maria de Melo Lira, que passou seis anos vivendo e trabalhando em comunidades alemãs CAMPHILL, para pessoas com deficiência intelectual e múltiplas.

 

 

 

No Brasil, coordenou um projeto para pessoas com deficiência na Associação Comunitária Monte Azul, a partir dessas experiências e a percepção da falta de assistência e atendimento às necessidades da pessoa com deficiência intelectual e múltiplas na região do Jardim Ângela, decidiu fundar uma nova organização, para que isso pudesse acontecer a fundadora da Associação Comunitária Monte Azul, Ute Craemer, doou a Aureliane Lira um terreno no Jardim Aracati e a Fundação SAGST patrocinou a construção da sede da entidade, onde este trabalho pôde ser realizado.

Após um curto período de pesquisa na região, através de visitas domiciliares e as instituições, e apresentação da população a ser atendida, Aureliane Lira constatou que em toda a área que abrange Jd. Ângela e  arredores o atendimento às pessoas com deficiência era muito precário.

Em três semanas de inscrições realizadas boca-a-boca, só do Jardim Aracati apareceram 13 pessoas com deficiência intelectual e múltiplas, vivendo em situação de isolamento e incompreensão. Diante dessa realidade mostrou-se a necessidade urgente da realização de projetos que visassem o atendimento dessa população inclusive, em alguns casos, com a possibilidade de abrigo.

Iniciou o novo projeto com 13 jovens e adultos com deficiência intelectual e múltiplas em uma casa alugada no Jd. Aracati, sua moradia.

photo1627935880.jpeg

Aureliane Maria de Melo Lira

A Guainumbi Hoje

Hoje Associação Beneficente Guainumbi, por meio de parcerias, segue ampliando seu atendimento, dentro da proposta baseada na antroposofia, terapia social e pedagogia curativa, proporcionando atividade socioassistencial, escolares, artesanais, de recreação, oficinas de tecelagem, culinária, horta terapêutica, jardinagem, marcenaria, atividades de vida diária e vida prática, atividades físicas, passeios culturais e atividades de inclusão.

12.jpg
13.jpg